domingo, 5 de março de 2017

As 8 Doenças que Afetam Mais as Mulheres

OOiii lindezas e lindezos tudo bem?

Post extra no ar!
Resultado de imagem para dia da mulher

Hoje preparamos um post com as doenças que mais atingem mulheres no mundo todo, e que devemos ficar sempre de olho.

                           As 8 Doenças que Afetam Mais as Mulheres

Dia 8 de Março é celebrado o Dia Internacional da Mulher. Nessa data é mostrado um pouco da luta que as mulheres tiveram para conquistar espaço e respeito. Esse movimento foi iniciado pelas mulheres Russas em 1917 e foi se o espalhando pelo mundo com o tempo.
Em 15 países é feriado e no Brasil é lembrado com entrega de flores e descontos nas lojas.

E dia de pensar em você mulher, então vamos cuidar da saúde?


Além de certas doenças físicas, a depressão é uma condição que a maioria das mulheres sofre frequentemente. Nós não devemos hesitar em pedir ajuda e confiança que é um estado transitório

Uma característica comum em mulheres é, por exemplo, passar grande parte do tempo mais preocupada com os outros do que sobre si mesma. É certamente admirável, mas, por vezes, podemos ir tão longe como não devemos acomodar.

Há momentos em que a fadiga, a dor de cabeça é apenas estresse, e pensamos que são apenas preocupações. Você não deve cair neste erro.


1.Depressão

A depressão é uma das doenças mais comuns entre a população, o que causa mais tempo fora do trabalho.

As mulheres são as que mais frequentemente sofrem desta doença silenciosa em vários momentos ao longo do seu ciclo de vida. Às vezes, sofrimento emocional, crise pessoal ou problemas pessoais que surgem nesta lacuna que tão difícil de gerir.

Falta de energia, tristeza recorrente, distúrbios do sono, fadiga, dor física e musculoesquelética são alguns exemplos associados a este problema comum que pode vir quando menos esperamos.

Nunca hesite em pedir para ajuda e lembre-se que momentos escuros passam a dar-nos grandes lições e ensinar-nos a ser mais forte.

2.Câncer de Mama

O câncer de mama é uma das doenças mais comuns em mulheres. Agora, lembre-se que nos últimos anos estamos a aumentar muito os casos de câncer de pulmão e colorretal, então não negligenciar seus exames regulares.

Se houver casos de câncer de mama em sua família, não hesite em começar suas revisões antes dos 40 anos. A partir desta idade é necessário fazer mamografias regulares.

Não se esqueça de verificar os seus seios para qualquer anormalidade, se o pequeno pedaço mudar de cor ou textura da pele.

Lembre-se também de que o câncer de mama nem sempre é sinônimo de morte. Nos últimos anos, as taxas de sobrevivência são muito elevadas. No entanto, continua a ser uma das doenças mais comuns em mulheres.


3.Os Cistos Ovarianos

Os cistos ovarianos pode ser o resultado do processo normal da menstruação. No entanto, também temos de submeter-se a revisões periódicas com a nossa ginecologista para controlar esses processos, por vezes, tão comum.

Um cisto do ovário é o resultado da concentração de fluido anormal no ovário.
Eles aparecem durante os anos reprodutivos e não são comuns na menopausa.
Entre os sintomas mais comuns são períodos menstruais irregulares, sangramento entre os ciclos ou dor na região abdominal ou pélvica.

4.Enxaqueca

Enxaquecas são dores de cabeça graves que afetam apenas uma metade da cabeça. É uma dor latejante, acompanhada de tonturas e náuseas.

Pode durar por hora e, geralmente, é uma desordem hereditária.

A causa seria no nervo trigeminal e ramos do nervo que conecta com os vasos sanguíneos nas meninges, o tecido que cobre o cérebro.

Certos alimentos, estresse e estresse emocional podem inflamar essas estruturas e causar a enxaqueca temida. Não hesite em controlar os gatilhos e seguir as orientações do seu médico.

5.Coração

Cuidado com problemas cardíacos!!!

Às vezes pensamos que os ataques cardíacos e problemas cardíacos são coisas de homens ou pessoas de mais idade. No entanto, nestes casos pesarão muito a história familiar e as seguintes dimensões:
  • Diabetes
  • Colesterol
  • A hipertensão
  • Levando uma vida sedentária

Você deve estar muito atento a esta fadiga recorrente, falta de ar ao subir escadas toda vez que você carrega algo ou qualquer dor torácica opressiva.


6.Cólon Irritável

Síndrome do intestino irritável é uma desordem do trato digestivo, que provoca dor abdominal e inchaço, e pode levar a episódios alternados de diarreia ou constipação

É uma das doenças mais comuns em mulheres, e quase sempre está associada com o estresse, alterações hormonais e problemas emocionais. Geralmente fazem sua primeira aparição entre os 15 e 25 anos, e isso é comum que sofrem de uma ou duas vezes por mês.

7. Problemas de Tireoide

Câncer de Tireoide

Desordens associadas com a glândula tireoide, também são uma das doenças mais comuns entre as mulheres. Os primeiros sinais aparecem geralmente entre 25 e 35 anos, e nós observar os seguintes aspectos:

  1. Alterações no peso, perder peso ou ganhar peso, sem saber muito bem por que.
  2. Perda de cabelo, problemas de sono, fadiga, retenção de líquidos.

Hipotireoidismo ou hipertireoidismo são doenças que requerem tratamento específico que completam com alimentação adequada, e os lotes de encorajamento.

Muitas vezes temos que lidar com um aspecto físico que não reconhecem por causa dessas alterações metabólicas, por conseguinte, também a dureza desta doença associada à tiroide.

Para concluir, nunca esquecer,as revisões periódicas com seus médicos e dar importância a cada sintoma, todos os desconfortos recorrentes.

Nunca deixe sua saúde para amanhã.!!

8  Excesso de Peso em mulheres

A obesidade não é um problema exclusivamente feminino mas é com certeza um dos problemas mais preocupante para as mulheres além de ser um problema de saúde é também de beleza estética.

A obesidade traz consigo vários riscos a saúde em um nível mais elevado como a obesidade II e III a pessoa passa a ter pressão alta, diabetes tipo 2, colesterol, inchaço, fadiga e outros.

A maioria das pessoas obesas são devido à má alimentação e sedentarismo, isso complica outros riscos a saúde da mulher como câncer de mama, outros canceres, distúrbios menstruais, cólicas, dor de cabeça, osteoporose e outros.

Estudos demonstraram que alimentação incorreta e falta de atividade física aumenta os riscos de todas as doenças citadas e a não mudança de habito compromete o resultado do tratamento. Inicie com um bom plano diário como uma boa dieta para emagrecer e exercícios leves.

                                                                Curiosidades !!



Vamos prestar atenção aos detalhes, vamos nos cuidar!!

Beijos.




( é muito importante se você gostar, seguir o blog)
Snapchat: camyhfreiria

Email para contato: camyhfreiria_@hotmail.com


Deixe seu comentário

0 comentários:

Postar um comentário